NewsletterInstagramTwitter Facebook

Publicado em:
6
4/2017

Chocolate Baure: da Amazônia para a Bio Brazil Fair

A boliviana SUMAR Ltda. leva sua marca de barra de chocolate da semente de cacau selvagem para esta edição da feira

A Chocolate Baure, da Sumar Ltda. (Suelos y Manos Amazônicos Racionales), produz chocolate de alta qualidade a partir de sementes de cacau silvestre em áreas remotas da Amazônia Boliviana. As árvores não estão familiarizadas com os fertilizantes, pesticidas ou outras ferramentas de cultivo, uma das razões pelas quais os produtos da Chocolate Baure nascem com as melhores e mais puras condições para uma boa performance gastronômica.

No processo de criação do chocolate, da árvore até a barra final, toda a operação é controlada desde a colheita das sementes na selva até a embalagem. A empresa segue regras rigorosas para coletar os grãos, proteger o meio ambiente e educar a população local para cuidar de sua própria fonte de vida e da Amazônia.

A produção de chocolate da Sumar gera renda para cerca de 800 famílias na área de Baures, situada na região nordeste do Beni, na Bolívia, a cerca de 100 km da fronteira brasileira. Baures foi originalmente uma cultura, uma língua hoje quase extinta, embora algumas das tradições ainda existem.

O cacau selvagem, também chamado Beniano Silvestre, é menor e tem sabor bastante intenso. A produção mundial de cacau selvagem colhido é mínima, por isso também é reconhecida como uma joia por conhecedores no universo do chocolate.

A Chocolate Baure tem 16 anos de experiência, e exporta para a Dinamarca, Suíça, Brasil e Alemanha. Todos os produtos são certificados orgânicos, com açúcar orgânico adicionado e sem uso de emulsificantes. No geral, o Chocolate Baure é de fato selvagem, original e de tempos muito antigos. É saboroso e extremamente bom com aromas frutados e floridos da impressionante flora e fauna da Amazônia.

Fonte: Primeira Página