Notícias


Publicado em:
13
3/2018

Já ouviu falar em “vinho orgânico”?

Além de não causar danos ao meio ambiente, bebida também diminui os efeitos da ressaca no dia seguinte



Metatags: Vinho, Tinto, Sulfito, Ressaca

Se na lista de compras no mercado já há legumes e verduras, frutas, cereais, ovos e até guloseimas, todos orgânicos, por que não incluir o vinho dessa categoria no carrinho?

Aparição relativamente recente no rol de produtos orgânicos disponíveis ao consumidor, a bebida é produzida sem a adição de produtos químicos como pesticidas, fungicidas ou agrotóxicos.

Além disso, o fato de não trazer compostos químicos em sua formulação ainda proporciona um vinho com menos efeitos colaterais – em outras palavras, menos ressaca no dia seguinte, e saúde em dia a longo prazo.

Isso acontece porque o vinho orgânico não tem sulfitos (substâncias utilizadas para conservação) em sua receita, de modo que aumenta as chances de o consumidor se ver livre do mal-estar e das dores de cabeça típicas da ingestão da bebida.

Fonte: Primeira Página, com informações do jornal O Globo


Últimas notícias

Cerveja orgânica da SteinHaus é produzida em culturas intercaladas

Para a cooperativa gaúcha, equilíbrio da terra é fundamental para garantir sabor único da bebida.
Leia Mais

Políticas públicas, Comércio Justo e Agricultura Familiar em debate

Representantes do MAPA, Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Itaipu Binacional, Sebrae, IFOAM e Euromonitor são alguns dos palestrantes do Fórum Internacional da Produção Orgânica e Sustentável.
Leia Mais

Geleias e pimentas do Armazém Sustentável representam variedade da região do Brejal

Empresa produz em localidade privilegiada no estado do Rio de Janeiro
Leia Mais