Notícias


Publicado em:
4
6/2018

Organis apresenta empório, degustação, tendências e novidades de 40 marcas

Entidade faz a mais completa ação de orgânicos na principal feira do setor



Metatags:

Um empório conceito, um estande com 13 empresas - sendo quatro marcas participando da primeira feira internacional - e um Fórum Internacional sobre produção orgânica são as ativações que o Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável – Organis - traz para a Bio Brazil Fair 2018.

“Essa é a maior e mais importante feira do setor na América Latina e, como vitrine do mundo orgânico e sustentável, temos uma ação de educação ao consumidor, com a campanha “Eu Escolho”, informando sobre os diferenciais do orgânico. Vamos também apresentar as marcas que são associadas ao Conselho e seus produtos e promover negócios, pois essa feira é a mais relevante do segmento, espaço para bons negócios”, explica Cobi Cruz, diretor do Organis.  Além dos expositores nos espaços do Organis, 29 associados têm estandes próprios.

Empório com lançamentos e degustação

O espaço que recebe os visitantes é o empório Organis, com 13 marcas que vão promover degustação todos os dias da feira. As empresas expositoras são: Jalles Machado (açúcar e geleias), Xingu (açaí), Jasmine (linha variada de orgânicos), Labra (trading), Yaguara (gin e cachaça), Homeopatia do Brasil (linhas de cosméticos e produtos homeopáticos), Amzn’s (açaí), Sitio do Moinho (agave e mix de produtos), Original UH-ME (desodorante mineral), TiiV (vodka), Vapza (soja, quinua, feijão carioca e preto, arroz integral e mix 7 grãos), Fato (alho) e Goola (açaí).

Em outro espaço, quatro empresas que participam pela primeira vez de uma feira internacional e os negócios prometem, pois são produtos com muita demanda no mercado: pimentas e geleias goumerts (Soul Brasil), chá de hibisco (CAAPIM), vodca (Tiiv) e polpa de frutas (Xingu Fruit).

Outras oito empresas mostram seus mix de produtos das marcas nem estande compartilhado: Dr. Stanley (ração para pets), Bambusa (lingerie de algodão orgânico), Ecosus Agronomia (consultoria em orgânicos), Famo (alho), Amazon Polpas (açaí e frutas tropicais), Fazenda Bela Época (café), Yaguara (gin e cachaça)  e Petruz Fruit (açaí e outras polpas)

A entidade promove também mais uma edição do Fórum Internacional da Produção Orgânica e Sustentável. Em dois dias, as principais autoridades, empresários e técnicos se reúnem para debater a chamada terceira onda dos orgânicos.

Essa intensa agenda do Organis demonstra como o Conselho agrega os vários segmentos da cadeia de orgânicos e sustentáveis, se tornando um dos representantes do setor com 60 empresas associadas e participação em discussões de políticas públicas.

“Já temos 12 anos de experiência nas ações internacionais com o Programa Organics Brasil e nos últimos dois anos estabelecemos prioridade no mercado interno com a fundação do Organis”, explica Cobi Cruz, diretor do Organis.


Fonte: Assessoria ORGANIS


Últimas notícias

Expansão de itens orgânicos alavanca economia solidária

No Instituto Chão, que vende estes produtos em São Paulo, crescimento no último ano foi de cerca de 25%.
Leia Mais

Conab abre inscrições para formação de estoques por meio de agricultura familiar

Cooperativas e associações interessadas devem entregar propostas até o dia 5 de novembro.
Leia Mais

Edital convoca soluções inovadoras para o algodão orgânico

Plataforma disponibilizará R$ 400 mil para projetos que resolvam desafios da agricultura familiar
Leia Mais