Notícias


Publicado em:
6
9/2018

Sead oferece linha de investimento especial para agroecologia

Para coordenador-geral de Agroecologia e Produção Sustentável do órgão, Pronaf Agroecologia é o crédito rural mais barato que existe atualmente.



Metatags: Produção orgânica, Agricultura familiar, Sead, Crédito, Sustentabilidade, Meio Ambiente

O processo de transição para produção de alimentos mais sustentável no Brasil, do ponto de vista ambiental, econômico e social, depende de subsídios do governo federal para que se estabeleça diante do modelo convencional da monocultura e produção em larga escala com concentração de terra e utilização de agrotóxicos.

Essa transição, chamada de agroecológica, está prevista na Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO), instituída por decreto federal em 2012. A política não só deixa de utilizar agrotóxicos, mas também privilegia a conservação ambiental, a biodiversidade, os ciclos biológicos e a qualidade de vida dos produtores e dos consumidores.

A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), do governo federal, oferece uma linha de crédito de investimento para agroecologia, o Pronaf Agroecologia, concedida a agricultores familiares que apresentarem projeto técnico para sistemas de produção de base agroecológica. No entanto, o agricultor tem que devolver o valor em até dez anos com encargos financeiros de 2,5% ao ano.

O coordenador-geral de Agroecologia e Produção Sustentável da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), Marco Pavarino, considera o Pronaf Agroecologia como o crédito rural mais barato que existe atualmente e pode ser quitado em até dez anos.

“O percentual de 2,5% é quase juros negativo se a gente for computar a inflação e ele tem um período de até três anos de carência para começar a pagar”, diz Pavarino, informando que outras políticas são importantes para expansão da produção mais sustentável de alimentos, como a oferta de assistência técnica aos agricultores que é feita pela Sead.

Fonte: Agência Brasil – Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil


Últimas notícias

ONG cria projeto de hortas orgânicas

É Com Amor conta com 300 participantes, que já plantaram 23 hortas orgânicas em praças, escolas e centros de atendimento social.
Leia Mais

Dicas para obter sucesso no comércio online na Black Friday

É importante entender que o consumidor busca uma experiência personalizada, que abrange conteúdo e interações nos canais de comunicação do varejo.
Leia Mais

Cultivo de algodão agroecológico volta a ser incentivado no semiárido brasileiro

ONG Diaconia e Instituto C&A trabalham em conjunto com organizações locais para o desenvolvimento da produção
Leia Mais