Notícias


Publicado em:
10
12/2018

Serasa Experian alerta que 40% dos sites brasileiros não estão seguros

Criminosos aproveitam a data para roubar dados e realizar fraudes. Serasa lista dicas para os lojistas estarem atentos ao assunto.



Metatags: Natal, Varejo, Serasa Experian, Serasa, Fraude, Compra online, Roubo de dados
Divulgação

A BigData Corp, a pedido da Serasa Experian, realizou um mapeamento da internet brasileira. O resultado aponta que cerca de 40,10% dos sites brasileiros não estão seguros, o que representa um total de 7,2 milhões de endereços.

De acordo com Maurício Balassiano, diretor de Certificação Digital da Serasa Experian, estes sites não possuem o certificado de segurança (SSL – Secure Socket Layer), que promove uma conexão segura utilizando a criptografia entre o servidor e os dados trafegados, o que evita o roubo de dados durante a transação.

“Para tornar o ambiente mais seguro, criou-se a tecnologia do Certificado Digital de Servidor SSL, que garante aos visitantes, usuários e clientes do site a troca segura de informações, sem os riscos dos dados trafegados serem interceptados ou alterados”, diz Balassiano.

Dicas Serasa Experian para Lojistas:
– Além de possuir uma loja virtual atrativa visualmente, é importante que se ofereça todas as garantias para que o consumidor se sinta seguro para colocar seus dados e efetivar a compra.
– Seu site possui certificado de segurança? Para verificar, basta checar se o http do endereço vem acompanhado de um “s” no final (https);
– A responsabilidade por guardar esses dados de forma sigilosa é sua e você tem a obrigação de investir em um Certificado Digital de Servidor SSL.
– O seu cliente pode fazer cadastros de forma segura em seu site? Uma falha nesse sentido pode representar indicações ruins em sites de reputação, reclamações e direitos do consumidor;
– Recomende aos seus consumidores usarem senhas fortes e que jamais passem esses dados de login e senha para outras pessoas;
– O e-mail marketing é uma boa forma de atrair consumidores para sua loja virtual. Procure oferecer informações verídicas sobre produtos e promoções, isso aumenta sua credibilidade;
– Mantenha informações precisas sobre preço, condições, valor de frete e tempo para entrega;
– A rapidez de sua loja no quesito busca precisa ser bem eficiente. O consumidor não gosta de perder tempo ou ter informações imprecisas.

Fonte: Primeira Página com informações da assessoria de imprensa da Serasa Experian.


Últimas notícias

PMEs brasileiras estão de olho na indústria 4.0

Pesquisa aponta que 38% das pequenas e médias empresas enxergam nas tecnologias o caminho para melhores produtos e serviços.
Leia Mais

Aumenta a previsão de crescimento da economia em 2019

Dados estão no Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central.
Leia Mais

Produtor de Curitiba investe no cultivo de cebola orgânica

Agricultor de Quatro Barras afirma que o preço é equivalente ao de outras culturas e que recebe 30% a mais pelo fato de ser orgânica.
Leia Mais