Notícias


Publicado em:
12
12/2018

BNDES investe R$ 10 milhões para geradora de energia a partir do lixo

Planta piloto de tratamento e aproveitamento energético do lixo orgânico foi inaugurada na Estação de Transbordo da Companhia Municipal de Limpeza Urbana no Rio de Janeiro.



Metatags: BioBrazil, BNDES, Comlurb, UFMG, Methanun, Orgânico, Lixo, Energia, Biogás, Metano, Resíduo Orgânico, Adubo
Divulgação

Com o apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS) com R$ 10,36 milhões não reembolsáveis, uma planta-piloto de tratamento e aproveitamento energético do lixo orgânico foi inaugurada no começo de dezembro na Estação de Transbordo da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) no bairro do Caju, no Rio de Janeiro.

Com capacidade de tratamento de 30 toneladas por dia, a planta deverá gerar 100 metros cúbicos de gás por tonelada de resíduo orgânico tratado, com concentração entre 50% e 60% de metano.

Estima-se que o biogás produzido mensalmente seja capaz de gerar energia suficiente para pouco mais de mil casas ou abastecer uma frota de mil carros.

A tecnologia extrai adubo e gás natural dos resíduos sólidos e foi desenvolvida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em parceria com a Methanum Tecnologia Ambiental Ltda. e a Comlurb.

Ligada à UFMG, a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) é beneficiária dos recursos do Fundo Tecnológico do BNDES (BNDES Funtec). Como interveniente da operação, a Methanum aportou uma contrapartida de aproximadamente R$ 1,3 milhão em recursos próprios.

Fonte: Primeira Página com informações do Portal Último Instante.


Últimas notícias

PMEs brasileiras estão de olho na indústria 4.0

Pesquisa aponta que 38% das pequenas e médias empresas enxergam nas tecnologias o caminho para melhores produtos e serviços.
Leia Mais

Aumenta a previsão de crescimento da economia em 2019

Dados estão no Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central.
Leia Mais

Produtor de Curitiba investe no cultivo de cebola orgânica

Agricultor de Quatro Barras afirma que o preço é equivalente ao de outras culturas e que recebe 30% a mais pelo fato de ser orgânica.
Leia Mais