Mercado

Jovem é premiada por desenvolver absorvente com fibra de banana

Rafaella criou absorventes sustentáveis para mulheres em situação de rua. A fibra da banana não polui o meio ambiente, é orgânico e biodegradável.

 

Maria. Nome mais brasileiro, impossível. E por isso foi escolhido pela paranaense Rafaella De Bona, 22, para intitular sua criação: absorventes sustentáveis, feitos com fibra de banana, para mulheres em situação de rua.

“O absorvente comum tem plástico, polui o meio ambiente. A fibra da banana é material orgânico, biodegradável, e ajudaria [o meio ambiente] nisso", contou a jovem estudante de design de produto da UFPR (Universidade Federal do Paraná).

A ideia da estudante tem sido tão bem recebida que o conceito do absorvente foi premiado pelo concurso alemão IF Design Talent, um dos mais importantes do mundo. A brasileira foi a única representante do país a vencer nesta edição.

 

Leia também: Nestlé vai monitorar 100% da produção de leite orgânico

 

Leia também: Portugal recebe o primeiro spa 100% orgânico e vegano

 

 

Fonte: Primeira Página com informações do site UOL.

 

 

Redes Sociais